ENTENDA o que são as variantes do MCU?

Variantes aparecem desde a Saga do Infinito.

As variantes de heróis da Marvel apareceram pela primeira vez em Vingadores: Ultimato (2019) no MCU. Na época, o grupo de super-heróis precisou viajar entre diferentes realidades para encontrar uma forma de derrotar o vilão Thanos. Assim, pelo menos uma versão diferente de cada personagem apareceu durante o filme.

Contudo, a saga do Multiverso ajudou a popularizar ainda mais o conceito de variantes do MCU. Com a série Loki (2021), Homem-Aranha: Sem Volta para Casa (2022), Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (2022), entre outros, o conceito foi elevado ao extremo e percorreu por quase todos os passos da fase 4 da Marvel.

Mas, o que exatamente são as Variantes do MCU? São apenas outras versões dos heróis com os quais estamos acostumados? Em suma, a viagem dos Vingadores para desfazer o estalo do Thanos ainda reverbera no mundo.

+ Quer ganhar um teste grátis de 1 mês no UOL PLAY?  e aproveite!

O início das variantes do MCU

As variantes do MCU começaram mesmo com a viagem dos Vingadores durante Ultimato. Desde então, o multiverso da Marvel entrou em colapso e causou uma série de problemas para os heróis. Para piorar, boa parte das produções seguintes não respeitaram os problemas com o multiverso.

Seja em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, quando Peter Parker pediu que todos o esquecessem e o Doutor Estranho errou o feitiço e misturou diversas realidades em uma só. Ou seja quando duas versões de Loki derrotaram Aquele que Permanece e colapsaram toda a linha do tempo do multiverso. Ou seja, os personagens da Marvel criaram a ruína de diferentes realidades.

Quem são as variantes do MCU?

Desde Ultimato, portanto, as variantes do MCU seguem em diferentes filmes. A Gamora que deve aparecer em Guardiões da Galáxia Vol. 3, por exemplo, não passa de uma variante da Gamora que se envolveu com Peter Quill nos dois primeiros filmes da franquia.

O mesmo aconteceu com Loki, que descobriu diversas variantes suas na série homônima. Ao mesmo tempo, duas variantes do Homem-Aranha deram às caras em Sem Volta para Casa, filme que reuniu as três versões do herói com Tom Holland (titular do MCU), Andrew Garfield e Tobey Maguire.

Enfim, o que é uma variante?

Chegamos no principal tópico. O que seria uma variante do MCU, portanto? O conceito é simples. Variante é todos os personagens que tem uma versão oficial na Linha do Tempo Sagrada. Ou seja, na principal linha do tempo da Marvel. A personagem America Chavez, por exemplo, transita entre diferentes realidades e não tem nenhuma outra versão em outro universo.

Não é o mesmo que acontece com os outros heróis. Só em Ultimato, a Marvel mostrou uma variante para cada versão original do grupo de heróis. Doutor Estranho também recebeu novas versões ao longo de Multiverso da Loucura, uma diferente da outra.

Em suma, cada variante pode ser similar ao personagem oficial. Contudo, elas também podem ter aparência física distinta, agir de forma muito diferente e trilhar uma história completamente nova. Por isso o grande arco atual do MCU restringe-se ao multiverso, uma forma de explorar os danos na linha do tempo principal da Marvel.

Por fim, o conceito das variantes do MCU é uma forma de homenagear as diferentes versões dos personagens nos quadrinhos. Assim, a Marvel pode explorar quaisquer arcos e colocar a responsabilidade em uma das variantes de outra realidade. Por outro lado, a morte de alguns personagens podem ser anuladas. Afinal, a imagem de cada herói nunca morre na medida em que novas variantes estão perdidas pelo multiverso.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Você pode cancelar, se desejar. Aceitar