The Ones Who Live traz Revelações Impactantes sobre a CRM

Desde os primórdios de “The Walking Dead“, a misteriosa organização conhecida como CRM tem pairado nas sombras do universo da série. No entanto, foi somente em “The Walking Dead: The Ones Who Live” que finalmente tivemos a confirmação da conexão do grupo com o restante do mundo.

Ao longo das temporadas, a CRM foi sendo insinuada, especialmente desde a primeira temporada da série original, onde helicópteros ligados à CRM foram apresentados. Embora tenham tido pequenas participações na série principal, foi em “World Beyond” que as intenções da CRM foram reveladas.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

A Ascensão da CRM: De “World Beyond” a “The Ones Who Live”

Durante suas duas temporadas, “World Beyond” destacou a verdadeira natureza da CRM, mostrando o tamanho maciço do exército, sua tecnologia avançada e seus métodos implacáveis. No entanto, mesmo com seus experimentos humanos e ataques químicos, a escala global de sua influência não havia sido totalmente explorada.

Foi somente em “The Walking Dead: The Ones Who Live” que os planos da CRM foram revelados em detalhes, demonstrando o quão poderosa ela é no mundo pós-apocalíptico. Além de dominar os Estados Unidos, ficou claro que a CRM também possui uma presença global.

A Confirmação de Major General Beale: Espiões da CRM ao Redor do Mundo

Na conclusão de “The Ones Who Live“, Major General Beale finalmente confirma as conexões globais da CRM ao mencionar a presença de espiões da organização ao redor do mundo. Durante o briefing de Echelon com Rick, Beale revela os planos secretos do exército, incluindo a intenção de eliminar Portland e outras comunidades.

Com o objetivo principal de sobrevivência e segredo, a CRM busca eliminar todas as outras comunidades para alcançar a supremacia sobre os Estados Unidos. A declaração de Beale confirma a influência da CRM vai além dos EUA.

Implicações Globais: Um Mundo Pós-Apocalíptico Além dos EUA

A conexão da CRM com outros países prova que ela pode não ter sido derrotada de vez. Embora Rick e Michonne possam ter derrotado a CRM na conclusão de “The Ones Who Live“, a missão do grupo pode ainda persistir em outros países.

Embora não tenha sido especificado em quais países a CRM possui influência, sua presença global sugere que eles ainda podem representar uma ameaça a outros países importantes e potencialmente colocar os Estados Unidos em perigo novamente no futuro.

Apesar da confirmação das conexões globais da CRM, Major General Beale parece não saber tudo sobre o resto do mundo. Sua incerteza em relação a outras grandes forças indica que pode haver facções rivais ou países com mais recursos e influência do que a CRM. Isso sugere que a CRM pode não ser a única força dominante no mundo pós-apocalíptico de “The Walking Dead”.

Possíveis Conexões com Daryl Dixon e “The Cause”

O antagonista principal de Daryl Dixon, Genet, liderou a tentativa de domínio da França pelo grupo conhecido como “The Cause“, apresentando algumas semelhanças com a CRM. Embora não haja uma conexão oficial entre os dois grupos, a presença de espiões da CRM que viajam entre os Estados Unidos e a França sugere uma possível ligação.

Portanto, é possível que Genet tenha sido uma espiã que impôs com sucesso os objetivos do grupo à França, permitindo-lhe liderar seu próprio ramo da CRM, que foi nomeado “The Cause”. Diante dessas revelações, fica claro que o mistério em torno da CRM está longe de ser resolvido, e suas implicações globais podem moldar o futuro do universo de “The Walking Dead“.

Todos os seis episódios de “The Ones Who Live” estão atualmente disponíveis para assistir na AMC e AMC+.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.