Silvero Pereira dará vida ao Maníaco do Parque em documentário

A história perturbadora e fascinante do notório serial killer brasileiro Francisco, o “Maníaco do Parque”, está prestes a ser contada como nunca antes. O Prime Video anunciou a produção de um filme e de uma série documental sobre a vida e os crimes do assassino. Com lançamento previsto para 2024, as produções prometem revelar novos detalhes sobre um dos casos mais chocantes da criminologia brasileira.

O Longa “Maníaco do Parque”

maniaco_do_parque
Maníaco do Parque

O filme “Maníaco do Parque”, uma obra de ficção baseada na vida do assassino, terá como protagonista o ator Silvero Pereira, conhecido por seu papel como o peão Zaquieu na novela “Pantanal” (2022). A trama seguirá a narrativa de Elena, uma repórter iniciante interpretada por Giovanna Grigio, que vê na investigação dos crimes do maníaco a oportunidade de alavancar sua carreira.

Ao longo dos anos 1990, Francisco atacou 21 mulheres, matando dez delas e escondendo seus corpos no Parque do Estado, em São Paulo. Enquanto continuava seus ataques brutais, a fama de Francisco crescia na mídia, instaurando o terror na capital paulista.

A Série Documental “Maníaco do Parque: A História Não Contada”

Juntamente com o filme, o Prime Video está produzindo a série documental “Maníaco do Parque: A História Não Contada”, oferecendo um olhar mais profundo e factual sobre os crimes de Francisco.

Para criar os roteiros para as produções, houve a análise de mais de 20 mil páginas do processo. Além disso, mais de 50 pessoas passaram por entrevista. A lista inclui sobreviventes, familiares das vítimas, promotores, delegados, peritos, psicólogos, psiquiatras e advogados.

A série promete revelar detalhes da psicopatia de Francisco, bem como insights profundos sobre a investigação, processo judicial e o impacto devastador de seus crimes. Ambas as produções estão sendo realizadas pela Santa Rita Filmes.

A história do “Maníaco do Parque” é uma lembrança sombria de um período de terror em São Paulo. O filme e a série documental representam uma oportunidade de compreender melhor a mente e as motivações do assassino, ao mesmo tempo que honram as memórias de suas vítimas.

Enquanto aguardamos o lançamento dessas produções em 2024, não podemos deixar de refletir sobre a importância da segurança, da justiça e do cuidado com as vítimas de crimes tão brutais.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.