The Last of Us: série deve ter cenas brutais durante 2ª temporada

A 2ª temporada da série The Last of Us, da HBO, promete cenas ainda mais brutais. Ao final dos primeiros episódios, Joel invadiu o hospital dos Vaga-Lumes e assassinou quase todos os presentes que estavam por lá. Tudo em uma tentativa de salvar a vida de Ellie.

A situação, claro, trará consequências para o futuro da série. E quem conhece o material que serviu de adaptação para a HBO sabe o que aguarda os dois protagonistas. Se a produção manter-se de forma fiel, portanto, os espectadores podem aguardar imagens fortes para a 2ª temporada.

Em suma, The Last of Us estreou após muitas expectativas entre os fãs. A série adapta o jogo homônimo desenvolvido pela Naughty Dog, em 2013, para Playstation. Ao longo dos anos, a franquia recebeu destaque em diversas premiações e, com o segundo título, conquistou o troféu de Melhor Jogo do Ano na cerimônia do The Game Awards 2020.

A trama de The Last of Us acompanha Joel e Ellie vinte anos após a queda da humanidade em função da evolução do fungo Cordyceps. Ambos precisam ultrapassar um país devastado pela infecção para tentar salvar os humanos que restaram.

Cenas brutais que a 2ª temporada da série The Last of Us deve mostrar

Em primeiro lugar, a 2ª temporada de The Last of Us promete cenas brutais com dois conceitos de abordagem. A série terá muita violência extrema, com imagens de pavor e assassinatos sem pudor algum. No entanto, o programa também deve abordar a parte psicológica que afeta todos os personagens.

Encaixa-se neste ponto, portanto, a relação entre Joel e Ellie. Em certo momento, Joel precisará revelar para ela tudo o que fez. Uma situação que deve originar o rompimento entre eles, uma separação sem volta para o sentimento que alimentaram até aqui.

Os pontos de violência extrema em The Last of Us o público já conhece. Um personagem importante será assassinado de forma brutal, com golpes intensos de um taco de golfe. Toda a trama da franquia gira sobre vingança. A partir desta ação, os espectadores podem esperar por tortura, lutas brutais, decepção de membros e o assassinato de uma mulher grávida. A sangue frio, claro. Sem remorso algum.

Por fim, a 2ª temporada de The Last of Us também pode apresentar um outro grupo para a franquia. Uma comunidade que vive sob uma moral selvagem, torturando e escravizando pessoas. Tudo indica que os próximos episódios do programa serão ainda mais pesados.

Ainda não há nenhuma perspectiva sobre a estreia da 2ª temporada de The Last of Us. O programa só deve receber novidades quando as greves de Hollywood chegarem ao final.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.