Por que a saída de Herny Cavill pode ser o fim de The Witcher?

Os dois últimos episódios de The Witcher com Henry Cavill no papel de Geralt de Rivia estão disponíveis no catálogo da Netflix. O ator comunicou aos espectadores, ainda em 2022, que deixaria o programa. Na ocasião, ele também revelou que voltaria a DC Studios como Superman.

Contudo, o projeto não foi para frente após James Gunn e Peter Safran assumirem como chefes do estúdio. Ambos reformularam o universo compartilhado da franquia, deixando em dúvida a participação de todos os heróis que fizeram história nos cinemas ao longo da última década.

Independente das respostas,  Liam Hemsworth assumirá como Geralt de Rivia em The Witcher a partir da 4ª temporada. De acordo com o produtor-executivo Tomek Baginski, a equipe preparou a troca entre os atores.  “plano muito, muito bom”, resumiu ele.

Por que Henry Cavill saiu de The Witcher?

A saída de Henry Cavill em The Witcher pegou a todos de surpresa. Em suma, o ator foi escolhido a dedo para interpretar o protagonista Geralt de Rivia. Mais do que isso, o trabalho parecia um sonho. Cavill é um grande admirador da obra de Andrzej Sapkowski, autor que escreveu os livros que servem como base para a série.

A partir de então, a Netflix unificou personagem e ator em uma única fotografia. Foi um dos motivos que causou tanta confusão e surpresa entre os espectadores quando ambas as partes comunicaram a troca. O fato é que a atuação de Cavill rendeu elogios e destaques mesmo em críticas negativas para o projeto como um todo.

Com tamanho apresso por The Witcher, rumores apontaram que o ator optou por deixar a série por desvios criativos. De acordo com o Screen Rant, Cavill decepcionou-se ao não adaptar de forma fiel os acontecimentos dos romances. Inclusive, tornando-se inflexível sobre possíveis diferenças.

SFF Gazette trouxe que a situação originou uma série de conflitos internos entre roteiristas e Henry Cavill. Além disso, a showrunner Lauren D. Hissrich confirmou em mais de uma ocasião que prefere contratar escritores que não conheçam o material base. Algo que pode ter gerado incômodo no astro de The Witcher.

Será o final da série?

A saída de Henry Cavill não representa o final de The Witcher. Não por ora, pelo menos. Em maio deste ano, a diretora de elenco Sophie Holland confirmou a produção da 5ª temporada da série. Em um primeiro momento, portanto, The Witcher declara que existe futuro sem Henry Cavill.

Outras trocas de elenco já provaram que as coisas podem funcionar até melhor a partir da mudança. Por exemplo, Game of Thrones precisou de três novos atores para interpretar Sor Gregor Claegane, o Montanha. Claro, o caso em si não se aproxima do que acontece com The Witcher.

Com duas temporadas pela frente, Liam Hemsworth terá a responsabilidade de assumir um papel que antes era unânime. O ator precisará seguir o legado de Geralt de Rivia por pelo menos duas temporadas. Além disso, o clima de desconfiança já existe. A terceira temporada do programa ficou com os piores índices de audiência até aqui, com clara repercussão negativa na decisão de Henry Cavill em deixar a produção.

The Witcher não chega ao final com a saída de Henry Cavill. Contudo, precisará de muito esforço para sobreviver pelas próximas temporadas restante. Por fim, todos os episódios da série já estão disponíveis no catálogo da Netflix.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.