Resistência 2? FIlme terá sequência?

Resistência” é um filme de ficção científica que cativou os fãs do gênero com seu mundo intrigante e belamente construído. Com uma narrativa emocionante e visualmente deslumbrante, o filme deixou muitos se perguntando se haveria uma sequência para explorar ainda mais esse universo. Neste artigo, vamos mergulhar na visão do co-roteirista e diretor Gareth Edwards sobre a possibilidade de “Resistência 2”, em entrevista ao Mama’s Geeky.

O Gosto de Gareth Edwards por Finais

Gareth Edwards
Imagem: Joel Ryan/Invision/AP/Shutterstock | Edição: Minha Série Favorita

Gareth Edwards começa abordando sua preferência pessoal por finais em histórias. Ele destaca que sua parte favorita de uma narrativa é o desfecho, o momento culminante que deixa uma impressão duradoura. Edwards compara isso ao punchline de uma piada, onde o impacto final é fundamental para o sucesso da história.

O diretor compartilha seu processo criativo, revelando que ao desenvolver uma história, ele trabalha de trás para frente, a partir do final, para garantir que o clímax seja verdadeiramente memorável. Esta abordagem enfatiza a importância de um desfecho satisfatório em suas narrativas.

Afinal, pode haver Resistência 2?

Edwards expressa seu amor pelo mundo criado em “Resistência” e o esforço envolvido na construção desse cenário cinematográfico. No entanto, ele enfatiza que, atualmente, vê “Resistência” como um filme autocontido, com uma narrativa que se fecha de forma satisfatória. Ele enfatiza que, pelo menos por enquanto, não tem planos para “Resistência 2”.

O diretor destaca que, embora adore o universo apresentado no filme e tenha apreciado a experiência de criação e filmagem, não está particularmente interessado em criar uma sequência. Ele brinca que seria um “problema de alta classe” se o estúdio o pressionasse para desenvolver uma continuação.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

Gareth Edwards encerra sua resposta com uma nota de humor, sugerindo que, se algum dia o estúdio pedir uma trilogia, ele poderia esquecer sua declaração anterior de que “Resistência” era destinado a ser um filme único. No entanto, ele enfatiza que, no momento, não tem planos concretos para uma sequência.

Embora a possibilidade de “Resistência 2” permaneça incerta, os espectadores podem apreciar a singularidade do filme como uma experiência cinematográfica completa. A visão de Gareth Edwards sobre a importância dos finais na narrativa destaca o compromisso do diretor em entregar uma história memorável.

Por fim, vale ressaltar que “Resistência” chegou hoje, 28 de setembro, nos cinemas do Brasil.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.