Pura Paixão é baseado em fatos reais?

Com estreia em 2020, o drama erótico Pura Paixão está disponível no catálogo da Netflix com uma trama de obsessão e paranoia. O filme tem Lætitia Dosch no elenco para acompanhar a trama de uma mulher que perde o controle pela paixão abusiva de um homem. Com direção de Danielle Arbid, o longa segue o mesmo gênero de produções como 365 Dias e 50 Tons de Cinza.

“Mulher divorciada começa uma intensa relação com um misterioso diplomata casado. Cega pelo desejo, ele se torna uma obsessão pela qual ela está disposta a fazer qualquer coisa”, diz a sinopse do filme.

Abaixo, assista ao trailer de Pura Paixão. Além disso, entenda qual a origem por trás da trama, que reúne temas como obsessão, relacionamento abusivo e mais. Há algo de real?

+ Quer assistir HBO Max e a plataforma Paramount+ de graça por até 1 mês?  e aproveite!

Pura Paixão é baseado em fatos reais?

Não, Pura Paixão não se baseia em fatos reais. O filme, disponível no catálogo da Netflix, adapta o livro Simple Passion da autora francesa Annie Ernaux. Portanto, a trama não se inspira em nenhum caso da realidade para contar as histórias de Hélène Auguste, uma mulher que se envolve em um relacionamento conturbado com o diplomata russo Aleksandr (Polunin).

Contudo, Pura Paixão apresenta alguns temas importantes para a construção do clima e da mensagem da trama. De acordo com a cineasta responsável, Danielle Arbid, o filme relaciona o amor e a perda de controle que o sentimento é capaz de trazer. Além disso, Pura Paixão também traz reflexões importantes sobre a relação da mulher em meio ao amor abusivo e obsessivo. Assim, o filme resgata pontos em comum com muitos dos espectadores.

Por fim, o longa-metragem está disponível no catálogo da Netflix. Abaixo, assista ao trailer de Pura Paixão.

Gostou do nosso conteúdo? Então, acompanhe a gente no Google News e não perca uma matéria do nosso site.