As 4 grandes participações especiais do MCU em As Marvels

As Marvels chegou para sacudir o Universo Cinematográfico Marvel (MCU), trazendo não apenas uma história independente, mas também quatro participações especiais que prometem moldar o futuro da franquia. O filme, que une as tramas de Capitã Marvel e Ms. Marvel, além de toques de WandaVision e Invasão Secreta, reserva seus maiores trunfos para as cenas pós-créditos. Vamos explorar esses surpreendentes cameos e os caminhos que eles apontam para o MCU.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

A Visita de Valkyrie

Valkyrie
Imagem: Marvel | Edição: Minha Série Favorita

A primeira grande participação especial ocorre no meio do filme, quando Valkyrie, a Rainha de New Asgard, entra em cena. Enquanto os Marvels tentam deter o vilão Kree, Dar-Benn, a equipe é forçada a fugir com alguns Skrulls a bordo da nave de Carol.

A amizade entre Carol e Valkyrie, que se desenha durante o encontro, não apenas adiciona uma camada de conexão ao universo, mas também estabelece New Asgard como um refúgio para os Skrulls. Embora não seja central para a trama, a aparição de Valkyrie solidifica o filme dentro do vasto MCU.

Kate Bishop e os Jovens Vingadores

kate
Imagem: Marvel | Edição: Minha Série Favorita

O filme reserva sua maior surpresa para o final, com a aparição de Kate Bishop. A cena final confirma a formação dos Jovens Vingadores, com Kamala Khan buscando novos heróis, começando por Kate.

O humor e a química entre as duas personagens indicam o potencial de uma equipe dinâmica. A cena termina com Kate dando a Kamala um sorriso significativo, antecipando o futuro promissor dos Jovens Vingadores no MCU.

O Retorno de Maria Rambeau como Binary

Imagem: Marvel | Edição: Minha Série Favorita

O momento mais impactante ocorre na cena pós-créditos, quando Monica Rambeau acorda em um hospital ao lado de sua mãe, Maria Rambeau, que deveria estar morta. No entanto, esta versão de Maria é chamada de Binary, título associado nos quadrinhos a Carol Danvers.

A revelação aponta para uma exploração do multiverso, já esboçada em “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura“. A presença de Binary redefine as possibilidades e desafios que aguardam Monica no futuro do MCU.

Besta e os Indícios dos X-Men

besta
Imagem: Marvel | Edição: Minha Série Favorita

A surpresa final atinge seu ápice com a aparição de Hank McCoy, também conhecido como Besta. Monica descobre estar em uma casa associada aos X-Men, e a presença de Besta, interpretado novamente por Kelsey Grammer, sugere uma conexão entre universos. A versão totalmente digital de Beast insinua a adaptação dos X-Men pela Marvel Studios, levando os fãs a um novo patamar de excitação para o futuro do MCU.

As Marvels não apenas entrega uma narrativa envolvente, mas também deixa sua marca no MCU com quatro participações especiais que desencadeiam possibilidades emocionantes. Enquanto as relações entre personagens se aprofundam, os caminhos para o futuro se multiplicam, abrindo espaço para explorar o multiverso e integrar personagens icônicos como Beast.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.