O que aconteceu com Danny Casolaro? História Real por trás dos assassinatos de Conspiração Americana

Dirigida por Zachary Treitz, “Conspiração Americana: Os Crimes da Octopus” é uma nova série documental. A trama tenta desvendar “os segredos por trás da morte de [Danny] Casolaro e a história que o matou“.

Com quatro partes, a série acompanha Christian Hansen enquanto ele continua a pesquisa de Casolaro, na tentativa de encontrar as respostas no centro dos chamados “Os Crimes da Octopus“, e já está disponível para assistir na Netflix.

Contada através de entrevistas, a série documental visa descobrir “um mistério décadas em construção”. Para saber o que aconteceu com Danny Casolaro e o que ele estava pesquisando, continue lendo.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

Quem era Danny Casolaro? O que aconteceu com ele?

Danny Casolaro era um jornalista americano que iniciou uma investigação sobre uma disputa de propriedade intelectual obscura. E isso, logo o levou por um caminho que ele não esperava.

Aos 44 anos, Casolaro foi encontrado morto no Hotel Sheraton, na Virgínia Ocidental. Embora sua morte tenha sido considerada um suicídio, sua família acredita que algo mais sinistro tenha acontecido.

A história de Casolaro começa com uma investigação sobre uma “disputa de propriedade intelectual obscura” entre o Departamento de Justiça e uma empresa de tecnologia, a INSLAW. Embora à primeira vista a disputa parecesse ser sobre propriedade intelectual, Casolaro descobriu algo mais sinistro.

De acordo com a Netflix, sua pesquisa o levou ao “lado sombrio de algumas das histórias mais suspeitas dos anos 1980“. Isso incluía programas de espionagem, lavagem de dinheiro e o escândalo do Irã-Contras.

Acredita-se que Casolaro descobriu uma organização privada, que ele chamou de ‘O Polvo’. Aqueles que faziam parte dessa organização supostamente eram “oficiais do governo de alto escalão”.

Como ouvido no trailer do documentário, uma voz em off diz: “Esses oito homens, eles não são mais funcionários do governo. Mas seus tentáculos podem alcançar qualquer parte do governo, em quase qualquer país. Eu vim a chamar esse grupo: O Polvo.”

Relatos indicam que Casolaro foi ao Hotel Sheraton para falar com uma fonte. No entanto, funcionários da limpeza descobriram seu corpo posteriormente.

A morte de Casolaro foi considerada um suicídio. Porém, como visto no trailer do documentário, muitas pessoas acreditam que isso não seja verdadeiro.

“A maioria de nós estava convencida de que ele havia sido prejudicado por cobrir essa história”, disse um participante.

Por fim, vale ressaltar que a série está disponível na Netflix. Abaixo, confira o trailer:

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.