O Mundo Depois de Nós, Final Explicado: Eles sobrevivem?

O intrigante filme “O Mundo Depois de Nós” tem mantido a internet em polvorosa, especialmente quando se trata do seu enigmático desfecho. Desde sua estreia na Netflix no último dia 08, a obra estrelada por Ethan Hawke, Julia Roberts e Mahershala Ali tem cativado os assinantes. Além disso, tem gerado uma série de questionamentos.

Sob a direção de Sam Esmail, criador de “Mr. Robot”, e baseado no livro de Rumaan Alam, o drama distópico leva os espectadores a testemunhar os desafios enfrentados por duas famílias em meio a um colapso tecnológico nos Estados Unidos. Vamos adentrar nos mistérios e desvendar o final esclarecedor de “O Mundo Depois de Nós”.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

Sinopse de O Mundo Depois de Nós

A trama gira em torno do casal Amanda (Roberts) e Clay (Hawke) Sandford, moradores de Nova Iorque, que decidem escapar da rotina em uma casa de veraneio. Contudo, o que deveria ser um tranquilo final de semana se transforma em um enigma quando eventos bizarros.

Exemplo disso, é a presença de cervos na casa e um navio-petroleiro invadindo a praia, se desenrolam. A chegada de G.H. Scott (Ali), suposto dono da propriedade alugada, desencadeia uma série de mistérios sobre um inexplicável colapso nacional.

G.H. Scott é o dono da casa?

Um dos primeiros enigmas do filme é a verdadeira identidade de G.H. Scott, interpretado por Mahershala Ali. Inicialmente questionado pela desconfiada Amanda, G.H. se apresenta como o dono da casa e compartilha detalhes intrigantes sobre o caos que se desenrola no país.

Embora Amanda duvide de suas palavras, ao longo da trama, fica claro que G.H. é, de fato, o verdadeiro proprietário. Sua relação complexa com os Sandford e seu papel na narrativa são revelados, deixando os espectadores intrigados sobre o que mais está por vir.

O Mistério do “Apocalipse” e Suas Possíveis Causas

A trama se desenrola em meio a eventos apocalípticos, incluindo a queda dos meios de transporte e a desativação de tecnologias essenciais. Drones disseminam conteúdo terrorista, e a população é privada de comunicação e informação.

Duas possíveis explicações para esses eventos são oferecidas ao longo do filme. G.H. revela ter sido alertado por um cliente ligado ao Pentágono sobre uma ameaça iminente anos antes dos acontecimentos. Em outra cena, o sobrevivencialista Danny sugere que o colapso pode ser resultado de um ataque estrangeiro, deixando em aberto quem seria o responsável por esse caos.

Embora o cenário apocalíptico seja o pano de fundo, “O Mundo Depois de Nós” mergulha em questões mais profundas, explorando temas como preconceitos, individualismo e desinformação. As tensões entre as duas famílias, os Sandford e os Scott, revelam camadas de preconceitos e desigualdades sociais. Enquanto a tecnologia é relegada a segundo plano, os personagens confrontam seus próprios preconceitos e tentam forjar laços em um mundo que desmorona ao seu redor.

A Cena Final: União em Meio à Destruição

A cena final do filme é marcante e simbólica. Enquanto Amanda e Ruth procuram por Rose, deparam-se com um cogumelo nuclear explodindo na cidade. Enquanto isso, Rose descobre o bunker mencionado por Danny e encontra um refúgio repleto de comida e entretenimento analógico.

A ironia atinge seu ápice quando ela assiste ao último episódio de “Friends”, destacando a música “I’ll Be There For You”. A cena encerra o filme com uma mensagem irônica sobre união, contrastando com o caos que envolve as duas famílias.

Em “O Mundo Depois de Nós”, a exploração das relações humanas em meio ao colapso social oferece uma perspectiva única e provocativa. O final, embora não forneça respostas definitivas, ressoa com a complexidade das questões apresentadas ao longo da narrativa.

E assim, fica em aberto o que aconteceu com Amanda, Clay, seu filho mais velho, G.H. Scott e sua filha. O desfecho, dá a impressão de que apenas Rose sobreviveu ao caos, já que ficou imune à radiação, e a guerra civil.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.