O Incrível Hulk 2: Explorando as Possibilidades Perdidas

Em 2008, a Marvel Studios lançou O Incrível Hulk, apenas o segundo filme de sua história. Desde então, o universo cinematográfico da Marvel cresceu significativamente, com 32 filmes lançados nos cinemas e mais 7 séries produzidas para a Disney+. No entanto, O Incrível Hulk é uma das poucas exceções que não ganhou uma continuação, devido a uma combinação de fatores.

O primeiro obstáculo para uma continuação foi o fato de o filme não ter sido um grande sucesso, além de ter sido produzido em parceria com a Universal, que detinha os direitos do Hulk na época. Essa parceria tornaria difícil para a Marvel produzir uma sequência, caso decidisse fazê-la. Além disso, a relação entre o ator Edward Norton e a Marvel ficou tensa ao longo do tempo, levando à substituição de Norton por Mark Ruffalo no papel de Bruce Banner/Hulk.

No entanto, recentemente, a Marvel parece ter recuperado completamente os direitos do herói, o que fez alguns fãs relembrarem as possibilidades de como poderia ter sido O Incrível Hulk 2, uma continuação que Edward Norton mencionou na época.

O que sabemos sobre a história de O Incrível Hulk 2?

Os comentários de Norton na época sugeriram que o foco da sequência seria o desenvolvimento do papel de Bruce Banner como “o sonhador consciente, o cara que pode lidar com a viagem”. Isso já era indício no primeiro filme, com Banner experimentando flashes de memória que sugeriam que ele realmente vivencia tudo o que o Hulk faz, resultando em traumas psicológicos significativos.

Em O Incrível Hulk 2, Banner teria aprendido a permanecer consciente durante a transformação e a influenciar a personalidade do Hulk, o que foi brevemente mostrado no final do primeiro filme e conceitualmente reaproveitado na versão interpretada por Mark Ruffalo em “Os Vingadores”.

Em uma entrevista, Norton se referiu a O Incrível Hulk como “Capítulo 1” em uma história de várias partes. Personagens secundários, como Betty Ross e seu pai, o General “Thunderbolt” Ross, retornariam, assim como o Dr. Samuel Sterns, conhecido como o Líder, que se tornaria o principal vilão da continuação.

Na época, o ator Tim Blake Nelson confirmou ter assinado um contrato para vários filmes com a Marvel. No entanto, somente em 2024, 16 anos depois, é que o vilão Líder retornará em “Capitão América: Admirável Mundo Novo”.

Opiniões sobre O Incrível Hulk 2

Diante das possibilidades perdidas, muitos fãs expressam seu desejo de ter visto O Incrível Hulk 2 nas telonas. A oportunidade de explorar o desenvolvimento de Banner como um personagem mais consciente e influente sobre o Hulk poderia ter oferecido uma nova dinâmica emocionante para a história. Além disso, o retorno de personagens secundários e a introdução do Líder como vilão teriam enriquecido o universo do Hulk no cinema.

Embora a continuação não tenha se concretizado, os fãs ainda têm a oportunidade de acompanhar o Hulk em outras produções. Sua mais recente aparição foi na série “Mulher-Hulk”, que estreou no Disney+ em agosto de 2022. A série, descrita como uma comédia jurídica, conta com a participação de Tatiana Maslany como Jennifer Walters/Mulher-Hulk, Mark Ruffalo como Hulk e outros talentos do universo Marvel.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.