O filme Qala é baseado em fatos reais?

O filme Qala estreou no início de dezembro pela Netflix. Com direção de Anvita Dutt Guptan, a trama segue a ascensão de uma cantora indiana no final dos anos 1930. Contudo, os traumas de infância ainda a perseguem na medida em que vive sob o sucesso da carreira.

Um drama e uma história de época conduzem o público a pensar sobre a origem da trama. Seria, então, Qala um filme com base em fatos reais? Entenda um pouco sobre como a diretora Anvita construiu a história. Ah, e se quiser, confira aqui, o final explicado da história.

+ Quer assistir HBO Max e a plataforma Paramount+ de graça por até 1 mês?  e aproveite!

Qala se baseia em fatos reais?

Alguns pontos levam a crer que Qala se baseia em fatos reais. Em primeiro lugar, o retrato histórico de questões sociais da Índia do final dos anos 1930. Em segundo, uma trama que envolve os problemas da indústria do cinematográfica. Contudo, a história de Qala não se baseia em fatos reais. Pelo contrário.

Toda a trama surgiu da vontade de Anvita em retratar a relação de mãe e filha e de que forma esse processo desempenha uma função na visão de mundo dos filhos. Assim, Qala surgiu com a intenção de mostrar o campo emocional entre o sucesso e as relações familiares. Apesar disso, a diretora tentou se distanciar de um possível retrato de antagonismos.

Em Qala, Anvita explora o processo geracional que uma família vive em relação aos traumas. Portanto, os conflitos são passados de geração em geração até que, em algum ponto, sejam resolvidos. Em meio a tudo isso, existe a música e a trama de um filme que se preocupa em retratar uma realidade, mas sem perder a originalidade. Portanto, Qala não se baseia em fatos reais, mas pode servir como uma lição importante.

O filme está disponível na Netflix. Por fim, assista ao trailer abaixo.

Trailer oficial

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.