Netflix reduz até 50% no valor da assinatura

O valor da assinatura da Netflix vai diminuir em até 50% em algumas regiões do mundo. Como forma de compensar a recente decisão em proibir o compartilhamento de senhas, a empresa anunciou uma redução global na cobrança pelo serviço de streaming. Contudo, o Brasil não está entre os países escolhidos.

De acordo com um comunicado, a Netflix defendeu que a medida chega para “melhorar a experiência dos assinantes”. Em suma, a redução no valor deve variar conforme cada país. Algumas regiões terão uma diminuição de até 50% no plano básico e 43% no plano premium.

Mesmo a redução de valor da Netflix tenha sido anunciada de forma global, os novos valores devem afetar apenas 5% dos assinantes da empresa.

+ Quer ganhar um teste grátis de 1 mês no UOL PLAY?  e aproveite!

O que muda com a redução de valor da Netflix?

Para o Brasil, nada muda. Desde 2022, a Netflix tenta encontrar soluções para a perda de assinantes em massa. Importante lembrar que o serviço de streaming perdeu mais assinantes do que ganhou pela primeira vez na história. Isso criou uma urgência em mudanças na plataforma, que já anunciou uma série de novas ferramentas.

Em primeiro lugar, a Netflix criou um plano com foco em anúncios. A assinatura permite que o usuário acesse o serviço de streaming com um valor mais em conta, mas com publicidade. Além disso, a empresa também oficializou o combate ao compartilhamento de senhas.

Ainda em 2023, espera-se que a partir de março a Netflix coloque em prática as novas ações para solicitar a autenticação mensal da conta principal.

Para equilibrar a balança, a Netflix anunciou uma redução global no valor da assinatura. Mesmo assim, o impacto não ultrapassa os 5% dos usuários da plataforma. O site Omelete entrou em contato com representantes brasileiros da Netflix, que confirmaram que a redução não se aplicará no Brasil.

Os preços dos planos são, e sempre foram, específicos para cada país”, disse a empresa.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.