Netflix cobra taxa extra de usuários que dividem conta e causa problemas

A implementação pela Netflix de cobrança de taxa extra de usuários que dividem a conta com pessoas de fora da família está causando problemas.

A Netflix deu início aos testes de cobrança de taxa extra de usuários que compartilham a conta com pessoas que não sejam da família. A fim de reduzir os resultados negativos que acumulou no primeiro trimestre, a Netflix já implementou a medida no Chile, Peru e Costa Rica.

Contudo, pesquisa recente da organização de jornalismo Rest of World mostra que a iniciativa vem causando problemas para os assinantes. Em síntese, os consumidores alegam não terem sido notificados pela plataforma, mesmo depois de dois meses do anúncio da política de taxa extra.

Além disso, há uma outra questão mais sensível gerando discórdia e insatisfação. É que enquanto alguns já estão pagando, outros continuam usufruindo suas assinaturas sem qualquer ônus adicional.

VEJA TAMBÉM

Como a Netflix tem feito a cobrança

Em suma, a empresa norte-americana escolheu a América Latina para testar a cobrança da taxa extra de usuários. No Chile, Costa Rica e Peru, o valor chega a ser de até R$9,62 a mais para quem compartilha a conta com quem não mora no mesmo lar. Ademais, a cobrança pode variar de acordo com o país.

Assim sendo, se engana quem pensa que a escolha desses países é algo aleatório ou fruto do acaso. Acima de tudo, a escolha se deu porque esses são os países do continente que representam o menor mercado de assinantes da empresa. Logo, estão servindo de cobaia dos testes. Havia um temor da Netflix de perda em massa caso os testes se dessem em praças como Brasil e México. O Rest Of World recebeu inúmeros relatos de assinantes inconformados com a cobrança de taxa extra.

Afinal, eles alegam não estarem de acordo com a cobrança de taxa extra de usuários que compartilham a conta. Por fim, o inconformismo com a medida foi tamanho que optaram por cancelar o serviço. Vale lembrar que tal medida ainda não está em vigor no Brasil. Porém, o streaming já disse que pretende estender a política para o restante do mundo até o final deste ano.

Testes Em Camadas

O motivo de uns já estarem pagando e outros não é fruto de estratégia da Netflix. Em suma, a empresa selecionou uma porção de assinantes para os testes, enquantos outros permaneceram com os termos antigos. O Minha Série Favorita entende que os consumidores não são cobaias e que faltou consideração e clareza à estratégia de comunicação da Netflix.

Enfim, curtiu a matéria?

Então, siga a gente no Google News. Além disso, convidamos você a nos seguir nas redes sociais TwitterInstagram e Facebook para ficar por dentro de tudo que rola no mundo das séries e filmes.