‘Manhunt’: A Nova Série que Retrata a Caçada ao Assassino de Lincoln

Em um momento pivotal da história americana, a série “Manhunt“, lançada pela Apple TV+, nos leva aos bastidores do drama vivido por um governo em pleno período de guerra, lançado a um caos ainda maior após o assassinato do presidente Abraham Lincoln.

Edwin Stanton, interpretado por Tobias Menzies, atua como secretário de guerra e confidente próximo de Lincoln. Após o presidente (Hamish Linklater) ser baleado por John Wilkes Booth (Anthony Boyle), Stanton assume a missão de liderar a caçada ao assassino. Acompanhamos a jornada, dividida em sete episódios, baseada no livro “Manhunt: The 12-Day Chase for Lincoln’s Killer” do produtor executivo James L. Swanson.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

Entrevista com Monica Beletsky, Criadora de “Manhunt”

Em uma entrevista para a revista Variety, Monica Beletsky – criadora, produtora executiva e roteirista de “Manhunt” – compartilha informações sobre o processo de produção da série. O artigo abaixo expande essa entrevista, trazendo mais detalhes e curiosidades sobre a série.

Beletsky conta que encontrou em Edwin Stanton a figura ideal para ser o protagonista de “Manhunt“. Através de suas pesquisas, descobriu que Stanton assumiu a liderança do país nas 12 horas entre o atentado e a posse do novo presidente, Andrew Johnson.

Esse momento, aliado às características pessoais de Stanton, como a perda de um filho e o fato de ser asmático, reforçou a escolha do criador da série. O livro de James L. Swanson deu suporte fundamental às pesquisas de Beletsky, oferecendo detalhes minuciosos do assassinato e da busca a Booth.

Indo além do material do livro, Beletsky buscou incluir na narrativa algumas das teorias conspiratórias envolvendo o assassinato de Lincoln, abrindo um paralelo com acontecimentos similares relacionados a JFK. Outro ponto de destaque foi a inclusão de figuras menos conhecidas dessa história, como os heróis afro-americanos e as mulheres que tiveram papeis significativos.

A Importância dos Detalhes

  • Uma Cena Visceral: A morte de Lincoln é retratada de forma impactante, mostrando detalhes de seu assassinato covarde. A intenção foi demonstrar toda a brutalidade do ato e como ele levou à morte lenta de Lincoln, reforçando a sede de vingança de Stanton.
  • Realismo Histórico: Beletsky enfatiza a escolha por mostrar o cotidiano do período retratado, com roupas, cenários e personagens que transmitem a realidade daquele tempo – roupas simples e desgastadas, barbas compridas e a vulnerabilidade em relação à higiene e avanços médicos da época.

A produção de uma grande série histórica é repleta de desafios. Beletsky menciona a amplitude do projeto, a extensa lista de personagens e as dificuldades climáticas durante as gravações em Savannah. Mesmo assim, a oportunidade de se aprofundar em tantas histórias e a escala da produção foram pontos marcantes para ela.

Curiosidades e o Futuro

O público pode não ver, mas Monica Beletsky e Hamish Linklater sabem: Lincoln usava chinelos com estampa de cabras! Esse pequeno detalhe, junto ao senso de humor e à apreciação pela arte que o presidente demonstrava, reforçam seu lado humano.

Por fim, questionada sobre sua vontade de trabalhar em outras séries históricas, Beletsky deixa em aberto, expressando que o fator determinante é sempre a história e os personagens.

Não deixe de assistir “Manhunt” para desvendar os bastidores de um dos momentos mais impactantes da história norte-americana.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.