Joy: Netflix conta a história real do 1º bebê de proveta do mundo

O nascimento de Louise Joy Brown em 1978 marcou um marco na história da ciência e da medicina. Joy, um novo drama da Netflix, conta a história real por trás desse evento histórico, focando na jornada de três visionários que desafiaram o mundo para tornar a fertilização in vitro uma realidade.

O filme acompanha a história de Jean Purdy, uma jovem enfermeira e embriologista, que se junta ao cientista Robert Edwards e ao cirurgião Patrick Steptoe. Juntos, eles embarcam em uma jornada de 10 anos para desvendar o enigma da infertilidade e desenvolver a técnica de fertilização in vitro (FIV).

Superando obstáculos e oposição

Joy retrata os desafios enfrentados por esses pioneiros. Eles foram ridicularizados pela comunidade científica, criticados pela imprensa e até mesmo ameaçados de violência. Apesar de tudo isso, eles perseveraram em sua missão, impulsionados por sua crença na ciência e no potencial da FIV para mudar a vida de milhões de pessoas.

Em 1978, houve o nascimento de Louise Joy Brown, o primeiro “bebê de proveta” do mundo. A história de Joy é uma celebração do poder da perseverança, da paixão pela ciência e da esperança de que o impossível pode ser possível.

O filme Joy: Por que assistir?

Joy tem o roteiro de Jack Thorne. O elenco conta com James Norton como Robert Edwards, Bill Nighy como Patrick Steptoe e Thomasin McKenzie como Jean Purdy. A Netflix ainda não divulgou adata de lançamento do filme. Porém, a plataforma disse que ele “chegará em breve” ao serviço de streaming.

Joy é um filme inspirador que conta uma história real de triunfo e esperança. É um filme imperdível para qualquer pessoa que se interessa por ciência, medicina, história ou simplesmente por histórias inspiradoras.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.