História de Thor: Amor e Trovão trará “crise de meia idade” diz Taika Waititi

Afinal, qual história veremos em Thor: Amor e Trovão? Desde a recente estreia de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, a espera entre os fãs da Marvel recaiu sobre o próximo longa do Universo Cinematográfico Marvel (UCM). Assim, o filme interpretado por Chris Hemsworth está oficialmente no olho do furacão.  Toda informação será completamente destrinchada pelos amantes do herói.

No entanto, ninguém precisou ir muito longe para receber tais informações. Afinal, o próprio diretor, Taika Waititi, tratou de explicar um pouco do enredo. Em Thor: Ragnarok (2019), Waititi transformou a franquia da Marvel. Com retrospecto negativo nos dois primeiros longas, Thor praticamente renasceu com a visão irreverente do diretor. Agora, qual será o próximo passo? Confira o que falou o diretor à EW!

Sobre o que fala a história de Thor: Amor e Trovão?

Pouco tempo depois do trailer oficial (confira abaixo), o diretor Taika Waititi falou abertamente sobre a história de Thor: Amor e Trovão. Para ele, trata-se de uma “crise de meia-idade” para o herói.

“Ragnarok parecia uma festa. Foi bastante festivo. Este ainda é divertido, e tem momentos de exagero, mas tematicamente é sobre algo um pouco mais profundo. Não é um filme sério e não é um drama, mas nós lidamos com ideias com as quais eu acho que muitos humanos lidam. Todo mundo meio que faz essa pergunta no filme: Qual é o seu propósito? Qual é a razão que você se tornou um herói, e o que você faz quando ganhou esses poderes?”.

Além disso, o diretor também deixou claro que não pretende repetir a fórmula utilizada em Ragnarok. Conforme disse à EW, “precisava fazer algo mais interessante para mim mesmo, para manter a coisa toda acesa e ter certeza de que estou me sentindo criativamente estimulado. Eu pensei, ‘qual é a coisa menos esperada com essa franquia?'”

A história de Thor: Amor e Trovão nos trará mais do que Thor repensando a vida. Podemos esperar personagens importantes, como os Guardiões da Galáxia e a Valquiria (Tessa Thompson), também enfrentando momentos reflexivos. A “crise de meia-idade”, a princípio, deve ser generalizada, não focalizada no Deus do Trovão.

Leia também

História de Thor: Amor e Trovão será cômica?

De acordo com Waititi, a ideia é contar uma história profunda. Contudo, sem ignorar a comicidade por trás de temas importante para as pessoas. Aliás, é o que justifica o título da obra também. O amor é um desses temas, assim como as particularidades dos protagonistas, deuses e trovões.

“Essa ideia de amor e mostrar personagens que acreditam no amor”, disse Waititi para a revista Empire. “No papel, parece meio estranho para mim, mas há uma maneira de fazer isso com personagens legais fazendo um filme legal, e também tendo uma coisa que nenhum fã nunca quer em um filme de super-herói, que são pessoas falando sobre amor e personagens se beijando.”, prosseguiu.

Estreia e equipe

O filme está previsto para chegar aos cinemas no dia 07 de julho. Assim, a história de Thor: Amor e Trovão se baseia nos quadrinhos em que Jane Foster (Natilie Portman) se torna a Poderosa Thor. Além de contar com Chris Hemsworth no papel do próprio Deus do Trovão, é claro.

No elenco, também estão os já conhecidos Christian Bale, Tessa Thompson, Chris Pratt, Jaimie Alexander, Pom Klementieff, Dave Bautista, Karen Gillan, Sean Gunn, Jeff Goldblum e Vin Diesel.

Trailer de Thor: Amor e Trovão

Enfim, curtiu a matéria?

Então, siga a gente no Google News. Além disso, convidamos você a nos seguir nas redes sociais TwitterInstagram e Facebook para ficar por dentro de tudo que rola no mundo das séries e filmes.