Griselda: Onde estão os filhos dela hoje?

A história da notória traficante colombiana Griselda Blanco, conhecida como a “Rainha da Cocaína” e a “Viúva Negra,” ganha vida em uma nova série biográfica da Netflix estrelada por Sofía Vergara. No entanto, enquanto a produção promete uma visão envolvente da vida de Blanco, há controvérsias envolvendo a família da falecida rainha do tráfico.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

Griselda: Da Pobreza ao Poder

Griselda Blanco, apelidada de ‘A Madrinha da Cocaína,’ passou de viver nos subúrbios para construir um império que se estendia de Medellín, a capital colombiana da cocaína, até Miami e Nova York. Ela foi responsável por um império de cocaína que gerava impressionantes $80 milhões por mês.

Surpreendentemente, a mãe de quatro filhos começou sua vida criminosa aos 11 anos, cometendo seu primeiro assassinato. Conhecida por mais de 250 homicídios, Blanco ganhou os títulos de ‘A Madrinha da Cocaína’ e ‘A Viúva Negra,’ uma bilionária devassa e impiedosa.

No entanto, após seu assassinato brutal em Medellín, em setembro de 2012, surge a pergunta: o que aconteceu com seus quatro filhos?

Os Maridos e Filhos de Griselda

Em seus 69 anos de vida, Griselda Blanco teve quatro filhos de três maridos. Os três filhos mais velhos, Osvaldo, Dixon e Uber Trujillo, frutos do primeiro casamento com Carlos Trujillo, nasceram antes mesmo de Blanco completar 21 anos.

Seu segundo marido, Alberto Bravo, um traficante de cocaína, participou ativamente na expansão do império de cocaína para os EUA. A série destaca a criação de um método inovador de contrabando usando roupas íntimas femininas.

A Ascensão e a Queda dos Filhos

Desde a prisão de Griselda, Dixon, Osvaldo e Uber encontraram destinos trágicos, perdendo a vida de maneiras violentas. O único filho sobrevivente, Michael Corleone Blanco, assumiu grande parte dos negócios familiares em sua adolescência, enquanto a maioria da família estava morta ou presa.

Michael, vivendo uma vida entre o crime e a legalidade, passou por prisão domiciliar em 2012 e, desde então, buscou deixar para trás a vida do cartel. Ele agora lidera um negócio bem-sucedido de maconha e critica Sofia Vergara e a Netflix por não consultarem a família sobre a série biográfica de Griselda.

O Futuro e a Busca pela Verdade

Com o lançamento de seu livro “Minha Mãe, A Madrinha, e a Verdadeira História de Michael Corleone Blanco, o Filho de Griselda Blanco,” Michael busca contar a história de sua família do ponto de vista deles. Ele critica a falta de consulta da Netflix e de Sofia Vergara, chamando o projeto de desrespeitoso.

Michael está determinado a humanizar a história de sua família e oferecer uma perspectiva única sobre os tumultuados anos da guerra às drogas nas décadas de 1970 e 1980.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.