Final explicado da 1ª temporada de A Imperatriz

A Imperatriz, é a mais nova série alemã da Netflix que acabou de ser lançada e promete ser um dos grandes sucessos da plataforma. Principalmente por ser de época, pois como sabemos, agrada grande parte dos assinantes. Bridgerton que foi um fenômeno, é um exemplo.

Portanto, em suma, a mocinha rebelde Elisabeth conhece Franz, o imperador da Áustria. O amor do jovem casal perturba completamente a estrutura de poder na corte vienense. Após o casamento, a jovem imperatriz precisa afirmar contra sua sogra faminta de poder, Sophie. E também contra o irmão de Franz, Maxi, que anseia pelo trono e por Elisabeth, conhecida como Sisi.

Por fim, quando as tropas inimigas se formam nas fronteiras do Império Habsburgo, o povo de Viena protesta contra o imperador. Elisabeth precisa descobrir em quem pode confiar, qual é o preço para provar que é a verdadeira imperatriz e o farol de esperança para o povo.

Abaixo vamos explicar sobre o final da 1ª temporada de A Imperatriz. Então, cuidado, pois terão spoilers a seguir.

SPOILER: Final explicado de A Imperatriz

Elisabeth, mais conhecida como Sisi, é uma jovem livre que gosta de ser independente. Sua irmã, Helene, se prepara para sera escolhida do imperador Franz. Está quase certo que Helene deve ser a próxima imperatriz da Áustria, mas Franz conhece Elisabeth e se apaixona imediatamente.

Também, o irmão de Franz, Maximilian, se apaixona pela jovem, mas ele e Helene ficam com o coração partido quando Franz declara que escolheu Elisabeth para ser sua esposa.

Só que quando Elisabeth se casa com Franz e é apresentada a todos, ela se torna muito querida, instantaneamente. Com a guerra chegando na Áustria com a França de um lado e a Rússia do outro, os sussurros de uma revolução se espalha entre os plebeus.

Ainda mais, Ava, uma jovem revolucionária, se infiltra no palácio como Condessa Leontina e se aproxima de Elisabeth. Enquanto isso, a nova imperatriz torna-se motivo de preocupação para sua sogra, a arquiduquesa Sophie, que ainda não está pronta para se desvencilhar de seu filho e do império.

Mas afinal, Elisabeth é abandonada?

Primeiramente, uma das coisas que diferenciam Elisabeth de outros membros da família real é que ela não tem medo de sair e se misturar com as pessoas. Em suma, ela está ansiosa para se aventurar na cidade, conhecer os súditos e ajudá-los o máximo que puder.

Ela é instruída a agir como uma pessoa divina, alguém intocável para as outras pessoas, mas Elisabeth quer ajudar elas se for preciso. Quando ela finalmente tem a chance de fazer, ela aproveita a oportunidade para construir uma boa relação com eles.

Só que a família real não vê isso com bons olhos, o povo se conecta com ela e ela acaba sendo a única que eles admiram. Enquanto sua popularidade com os súditos está em alta, a situação fica pior dentro do palácio.

Sisi cai em desespero, acreditando que mesmo seu marido bem-intencionado não está fazendo nada para ajudar as pessoas lá fora. Ela passa suas noites festejando e bebendo com Maximilian, o que estraga ainda mais sua imagem, então, nem mesmo Franz está pronto para ficar ao lado dela.

Sophie e Franz apoiam que Sisi passe um tempo em sua terra natal e nesse momento, Elisabeth descobre que está grávida. Mas antes que ela possa compartilhar a notícia com Franz, ela está com o coração partido pelo marido que quer que ela vá embora, então ela decide ir sem dizer uma palavra sobre sua gravidez.

Por fim, ao sair de lá, ela se aproxima dos plebeus e todos descobrem que a moça está grávida o que aumenta seu valor no reino por estar esperando um herdeiro.

E Maximiliano, o que acontece com ele?

Em suma, enquanto as coisas se acalmam para Franz, seu irmão não está tão bem no final da temporada.
Ele foi mantido longe do palácio e, quando seu irmão finalmente o trouxe de volta, suas opiniões foram facilmente descartadas e ele nunca foi levado a sério.

Tudo isso se tornou demais para Maximilian e ele decidiu que era hora de seu irmão largar tudo o que havia recebido simplesmente porque era mais velho que ele. No entanto, o tempo e sua mãe não estavam a seu favor e, em um momento crítico, seus melhores planos caem por água abaixo.

Ele cometeu a maior traição. Mas agora, Franz sabe que seu irmão quer sua coroa, assim como sua esposa, e não há como ele não fazer Maximilian pagar por tentar roubar essas duas coisas dele.

Por fim, o Maximiliano da vida real morreu longe de casa cerca de 13 anos depois que Elisabeth se tornou a imperatriz da Áustria. Sendo assim, ainda não vimos os últimos dias dele, embora seja interessante ver como Franz escolhe puni-lo e o que isso significa para seu relacionamento com Elisabeth.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.