Em Ritmo de Fuga: História Real por trás do Filme

Em meio à onda de filmes que se baseiam em fatos reais ou histórias reais para criar suas tramas, surge uma questão em relação a um dos filmes mais dinâmicos da última década: “Em Ritmo de Fuga”. Com a direção de Edgar Wright e protagonismo de Ansel Elgort, o filme é um sucesso de crítica e público. Isso se deve, em especial, a sua trama intensa e trilha sonora memorável. Mas a pergunta que paira é: “Em Ritmo de Fuga” se baseia em fatos reais? Descubra a seguir.

Em Ritmo de Fuga se baseia em fatos reais?

“Em Ritmo de Fuga” é um filme que busca transmitir uma sensação única por meio de sua narrativa e estilo cinematográfico. Entretanto, isso não significa que ele se baseia em fatos reais. De fato, embora o filme possa parecer realista em sua representação de assaltos a banco e fugas de carros, ele é uma obra de ficção.

A trama do filme segue um jovem chamado Baby (Ansel Elgort). Ele trabalha como motorista de fuga para uma organização de criminosos. Baby possui um zumbido constante em seu ouvido, uma condição conhecida como tinnitus, resultado de um acidente de carro na infância que também matou seus pais. Para abafar o zumbido, Baby está sempre ouvindo música. A música não só ajuda a aliviar seu desconforto físico, mas também se torna um elemento crucial na condução da narrativa do filme.

Embora essa trama seja repleta de ação, drama e até mesmo um toque de romance, não se baseia em nenhuma história real específica. O diretor Edgar Wright elaborou a ideia do filme enquanto ouvia a música “Bellbottoms” da banda Jon Spencer Blues Explosion. Ele se inspirou para criar uma história que refletisse o ritmo e a energia da música, resultando no roteiro de “Em Ritmo de Fuga”.

Por fim, embora o filme não se baseie em fatos reais, a equipe de produção trabalhou para tornar as cenas de ação e condução o mais realistas possível. Isso incluiu filmar todas as perseguições de carros sem a ajuda de CGI ou efeitos especiais, o que proporcionou um nível de autenticidade que fez o filme parecer mais baseado na realidade.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.