Star Wars: Templo Jedi tem destino surpreendente após as Guerras Clônicas

As Guerras Clônicas configuram um dos principais arcos de Star Wars, com a queda do Templo Jedi e a ascensão dos Sith. Contudo, quem acompanhou apenas os filmes pode não saber o que aconteceu com o local após os eventos que marcaram a vitória do Imperador Palpatine.

O Episódio III – A Vingança dos Sith (2005) mostrou de que forma o Templo Jedi caiu graças a ascensão total de Palpatine ao poder. Além disso, o filme também foi um marco por conta da figura de Darth Vader, que sobreviveu às chamas para se tornar um dos maiores carrascos da democracia.

Poucos sabem, contudo, qual foi o destino do Templo Jedi durante a franquia Star Wars após as Guerras Clônicas.

Imagens: Reprodução / Lucasfilm

O que aconteceu com o Templo Jedi em Star Wars após as Guerras Clônicas?

Antes de Anakin Skywalker declarar que trouxe paz, liberdade, justiça e segurança para “o seu novo Império”, Palpatine o enviou para o Templo Jedi com a intenção de assassinar as futuras gerações que tinham conexão com a Força. Assim, apenas dois Sith iriam sobreviver após o atentado causado pela Ordem-66.

Portanto, o Templo Jedi serviu como a grande aposta de Palpatine para compreender se podia confiar no seu novo aprendiz, Darth Vader. Após o final das Guerras Clônicas, o Imperador transformou a antiga República no seu próprio Império Galactíco.

Nada mais justo do que transformar o Templo Jedi em um símbolo. Na franquia Star Wars, o lugar se transformou no palácio de Palpatine. Uma espécie de casa e de tribunal em que o Imperador preencheu de relíquias Sith que ele colecionou ao longo dos anos.

Sem contar que as antigas câmaras do Conselho Jedi se transformaram em pontos importantes para reuniões e encontros dos principais nomes do Império. Ou seja, o Templo Jedi seguiu com o seu propósito inicial, mas agora nas mãos dos Sith.

Por fim, histórias paralelas aos filmes de Star Wars mostram como o Templo Jedi se tornou o centro do poder de Palpatine.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.