(Des)encanto: Por que NÃO VAI TER 6ª temporada?

O universo da animação para adultos recebeu um presentão em 2017: o lançamento de “(Des)encanto”. Em suma, a série marcou o retorno de Matt Groening à televisão desde suas icônicas criações “Os Simpsons” e “Futurama”. Produzida internamente pela Netflix, a série rapidamente conquistou uma base fiel de fãs. Entretanto, ao contrário de suas irmãs mais velhas, “Desencanto” chega ao seu final com a quinta temporada.

Desde o início, a série cativou o público ao apresentar um mundo de fantasia medieval habitado por personagens peculiares. O enredo gira em torno de Rainha Bean, uma princesa rebelde interpretada por Abbi Jacobson, que, junto com suas amigas Elfo e Luci, enfrenta forças malignas comandadas por sua própria mãe, a Rainha Dagmar. A quinta temporada promete ser o clímax dessa batalha interminável, encerrando diversos arcos narrativos.

Inicialmente, “(Des)encanto” recebeu uma encomenda de 20 episódios pela Netflix. A distribuição dos episódios foi dividida em duas partes para a 1ª temporada, e essa abordagem continuou na 2ª temporada. Esse formato em “partes” ao invés de “temporadas” já é uma tendência em ascensão no mundo das séries, dando a entender que a história é um contínuo e pode terminar a qualquer momento.

Por Que (Des)encanto teve um Fim Prematuro?

Embora houvesse rumores sobre uma possível sexta temporada, a Netflix confirmou em 1º de agosto de 2023 que a série seria concluída na quinta temporada. Josh Weinstein, um dos showrunners, explicou nas redes sociais que o final já estava previsto antes mesmo da escrita dos novos episódios.

Alguns especulam que a decisão de encerrar “(Des)encanto” pode estar ligada à retomada de “Futurama” por parte da Hulu. Outros dados, como as métricas do IMDb MovieMeter, sugerem que o interesse pela série diminuiu após a terceira temporada. Um detalhe curioso é a falta de publicidade em torno da última temporada. Weinstein esclareceu que, devido a uma greve, não houve promoção oficial, mas ele mesmo tratou de informar os fãs através de suas redes sociais.

O término de “Desencanto” marca o fim de um capítulo na trajetória de Matt Groening no mundo da animação. Enquanto “Os Simpsons” ainda não mostram sinais de desaceleração e “Futurama” ganha um novo fôlego na Hulu, “(Des)encanto” se despede, deixando um legado de fantasia, humor e aventura. Todas as cinco temporadas estão disponíveis na Netflix, oferecendo uma oportunidade para novos fãs descobrirem a série e para os antigos reviverem as aventuras em Dreamland.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.