Por que Bradley Cooper Quase Desistiu de ‘O Lugar Onde Tudo Termina’?

O renomado escritor e diretor Derek Cianfrance, conhecido por obras como “O Lugar Onde Tudo Termina“, revelou durante uma sessão ao vivo do IndieWire’s Screen Talk, no festival New Directors/New Films, que Bradley Cooper, indicado ao Oscar, hesitou após receber um roteiro atualizado.

Cianfrance trouxe o escritor Darius Marder a bordo para ajudar a reescrever “cada palavra” de “O Lugar Onde Tudo Termina” pouco antes do início das filmagens. Segundo Cianfrance, o ator Cooper não ficou satisfeito com as atualizações feitas em seu personagem, um policial que mata um ladrão empático (interpretado por Ryan Gosling) no meio do filme de 2013, que se passa ao longo de uma década.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

Reação de Bradley Cooper

“Eu havia dado [a Darius Marder] o roteiro e ele tinha muitas observações sobre ele, e eu meio que concordei com grande parte do que ele estava dizendo. Então reescrevemos cada palavra de 10 semanas para seis semanas”, disse Cianfrance durante o Screen Talk, coapresentado por Anne Thompson e Ryan Lattanzio. “Lembro de dar a Bradley Cooper a cópia de ‘O Lugar Onde Tudo Termina’, o novo roteiro, e receber uma mensagem de voz dele dizendo: ‘Cara, só quero te avisar que li o novo rascunho e estou fora’.”

Após a mensagem de voz de Cooper, Cianfrance agiu rapidamente para garantir que o astro ainda estivesse no filme, especialmente porque parte do financiamento do filme dependia do envolvimento de Cooper.

“Eu estava levando minha família para Schenectady no dia seguinte [para estar no local das filmagens] e toda a equipe estava indo para lá. Eu tinha todo o dinheiro de qualquer maneira”, disse Cianfrance. “Eu estava tipo, ‘Posso ir falar com você?’ Então fui até Montreal e tive uma longa conversa com ele da meia-noite às 3h30 da manhã, onde o convenci a voltar. Foi apenas nos últimos cinco minutos [que o convenci]. Acho que ele apenas ficou cansado. Ele queria ir dormir.”

Desdobramentos Posteriores

Embora tenha trabalhado em outros projetos posteriormente, Cianfrance acabou não dirigindo “Burnt”, com Cooper no papel principal, apesar de reconhecer a qualidade do roteiro. “No final das contas, não era meu filme para fazer, algo que eu criei. Você sabe o que quero dizer?”, disse Cianfrance na época. “Eu não sabia o que poderia colocar nele.”

Desde então, Cianfrance seguiu em frente, dirigindo outros projetos como “A Luz Entre Oceanos”, co-escrevendo “O Som do Metal” e dirigindo a série da HBO “Eu Sei Que Isso É Verdade”. Atualmente, ele é produtor de “Exibindo o Perdão”, a estreia na direção de Titus Kaphar, que faz parte do programa New Directors/New Films. “Exibindo o Perdão” estreou no Festival de Cinema de Sundance deste ano.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.