Belas Maldições, 3ª temporada: Prime Video vai dar sequência à série?

“Good Omens”, chamado no Brasil de Belas Maldições, é uma adaptação do livro de 1990 de Terry Pratchett e Neil Gaiman. Em suma, a produção conquistou corações desde sua estreia na Prime Video. A série que segue o anjo Aziraphale (Michael Sheen) e o demônio Crowley (David Tenant) em sua tentativa de evitar o surgimento do Anticristo teve uma trajetória repleta de emoções, surpresas e reviravoltas. Mas, o que o futuro reserva para esta série?

A segunda temporada de “Belas Maldições” expandiu-se para além do material do livro, explorando mais profundamente a relação entre Aziraphale e Crowley. Esta exploração culminou em um final chocante e emocional que viu os dois protagonistas se separando. Embora a série tenha deixado os espectadores com um gancho massivo, levantou-se a questão: haverá uma 3ª temporada? Veja a seguir.

Belas Maldições terá 3ª temporada?

Respondendo a essa pergunta, Neil Gaiman, criador e showrunner, foi enfático sobre a existência de uma continuação para a terceira temporada. Segundo ele, a próxima temporada já foi “planejada e traçada”. No entanto, o progresso da escrita deve atrasar por conta da greve atual da Writers Guild of America.

Gaiman, em uma tentativa de motivar os estúdios a negociar com a WGA, encorajou os fãs a continuar assistindo e trazer novos espectadores para a série, reiterando o sucesso que “Belas Maldições” tem desfrutado até agora, estreando como a comédia número um na Prime Video.

O que Esperar do Futuro?

Ao que parece, a 3ª temporada de Belas Maldições pode ser a última. Quando questionado sobre uma possível quarta temporada, Gaiman foi direto, respondendo: “Não, não haverá uma S4”.

Além disso, os fãs podem ter que esperar mais do que esperavam pelo retorno da série. Usando a linha do tempo anterior como referência – a primeira temporada foi lançada em 2019 e a segunda em 2023 – e considerando os atrasos devido às greves, a terceira temporada pode não ver a luz do dia até 2026.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.