Bebê Rena: Tudo sobre a Série da Netflix

Prepare-se para uma série diferente de tudo que você já viu, uma que demonstra como um único ato de gentileza leva a um caminho tortuoso pavimentado por centenas de horas de mensagens de voz e mais de 40.000 e-mails. Prepare-se para Bebê Rena.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

Uma História Sombria, Dramática e Engraçada

A próxima série dramática e sombria – mas ainda assim hilária – é baseada em fatos reais. Ela é escrita e estrelada por Richard Gadd, que adaptou sua peça premiada de um homem só em uma minissérie de sete episódios. Assim como seu criador multifacetado, a série se encaixa em vários gêneros, uma mistura convincente de emoção pesada e humor que Gadd diz ao Tudum não ser apenas uma escolha artística, mas também fiel à realidade.

“Acho que a vida é uma comédia dramática”, diz Gadd. “Em alguns dos lugares mais sombrios que estive, encontrei risos de alguma forma. E alguns dos lugares mais engraçados que estive, incluindo os bastidores de clubes de comédia com outros comediantes, podem ser os lugares mais deprimentes também. Sempre penso que a vida é uma mistura de luz e sombra. Então, eu queria que Bebê Rena fosse uma mistura de ambas.”

Sobre o que é Bebê Rena?

A história de Bebê Rena gira em torno do relacionamento estranho e complexo do comediante em dificuldades Donny Dunn (Gadd) com uma mulher chamada Martha (Jessica Gunning). O comportamento dela, inicialmente amigável, se desfaz à medida que ela começa a perseguir Donny implacavelmente.

A primeira interação deles é inocente o suficiente: enquanto trabalha em seu turno como bartender, Donny mostra gentileza a Martha. Essa, é uma cliente cuja vulnerabilidade é aparente. Mas, como diz o ditado, “nenhuma boa ação fica impune”, e esse encontro casual desencadeia uma obsessão sufocante que ameaça destruir a vida de ambos. E mais: força Donny a enfrentar seu trauma enterrado.

Uma Narrativa Autêntica e Multidimensional

Embora esse tipo de história possa parecer familiar, é importante lembrar que não é apenas uma história – é verdade. Por ter vindo de um lugar tão pessoal, Gadd evitou as narrativas clichês de perseguição em preto e branco que já foram feitas. E assim, garantiu que a humanidade de todos permanecesse intacta.

“O stalking na televisão tende a ser muito sexualizado. Tem uma mística. É alguém em um beco escuro. É alguém que é muito sexy, que é normal, mas depois vai ficando estranho aos poucos”, explica Gadd. “Mas o stalking é uma doença mental. Eu realmente queria mostrar as camadas do stalking com uma qualidade humana que eu não tinha visto na televisão antes. É uma história de perseguição revirada. É pegar um tropo e virá-lo de cabeça para baixo.”

Gadd deixa claro que não queria escrever “uma narrativa de vítima”. Ele diz: “Acho que a arte é bem interessante quando você não sabe de que lado está. Eu queria que fosse em camadas e captasse a experiência humana. A experiência humana é que as pessoas são boas, mas têm partes ruins e cometem erros.”

Refletir com precisão a experiência humana significa que a série parece uma montanha-russa multidimensional com curvas acentuadas e quedas íngremes, mas nunca parece menos do que agressivamente honesta. Sem dúvida, isso porque a autenticidade de Bebê Rena vem da fonte de material mais honesta e imprevisível que existe: a vida real.

Bebê Rena é Baseado em uma História Real?

“É uma história real”, diz Gadd, acrescentando que sempre soube que era uma história que gostaria de contar.

“De uma forma estranha, comecei a sentir que poderia ser uma boa história durante toda a provação. Foi um dos períodos mais intensos, quando eu estava ouvindo essas mensagens de voz. Eu ia dormir à noite e essas mensagens de voz – as palavras dela ricocheteavam nas minhas pálpebras. Lembro-me de pensar: ‘Deus, se eu fosse falar sobre isso no palco, eu dispararia as palavras. Colocaria as mensagens de voz em uma grande cacofonia e dispararia.’ É assim que a peça nasceu.”

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.