Assassinos da Lua das Flores: O que significa o apelido que Mollie deu para Ernest?

Assassinos da Lua das Flores, dirigido por Martin Scorsese, traz à tona a verdadeira história dos assassinatos da nação Osage na década de 1920, após a descoberta de petróleo em suas terras. No centro dessa trama está a relação entre Mollie e Ernest Burkhart, personagens interpretados por Lily Gladstone e Leonardo DiCaprio, respectivamente. A dinâmica entre eles se destaca por um apelido peculiar: “Coyote”. Este artigo explora o significado oculto dessa designação e como ela define a complexidade do personagem de Ernest e a dinâmica de seu relacionamento.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? CLIQUE AQUI e aproveite!

Por que Mollie Chama Ernest de Coyote?

Assassinos da Lua das Flores
Imagem: Apple TV | Edição: Minha Série Favorita

Na mitologia indígena americana, o coyote representa gula, trapaça e ganância. Embora o coyote em si não seja bom nem mau, ele simboliza um personagem que pode se tornar enganador para alcançar seus objetivos. Em Assassinos da Lua das Flores, o amor de Ernest pelo dinheiro não é segredo, e Mollie o chama repetidamente de “Coyote” ao longo do filme, sublinhando de maneira perfeita um aspecto chave de seu personagem complexo e da dinâmica de relacionamento deles.

Ao apelidar Ernest de “Coyote”, Mollie sutilmente destaca as características negativas que ela percebe nele desde o início do relacionamento. Mesmo ciente do interesse dele por sua fortuna, ela decide se casar com ele, movida por uma conexão genuína. A descoberta do verdadeiro caráter de Ernest no final do filme ressalta sua decisão de ignorar os sinais de alerta que ela mesma havia identificado no início do relacionamento.

O Coyote Como Símbolo

Além disso, o coyote também simboliza a tolice. Ernest é facilmente influenciado por aqueles que têm poder sobre ele, o que o torna fácil de manipular. Este traço também é evidente quando ele não parece questionar seu tio e os médicos ao lhe darem o remédio envenenado para dar a Mollie. O apelido “Coyote” serve como um elemento definidor do personagem de Ernest, enfatizando que sua busca implacável pela riqueza o leva a prejudicar aqueles que mais ama.

A escolha de Mollie de chamar Ernest de “Coyote” em Assassinos da Lua das Flores não foi apenas um apelido casual. Mas sim, um reflexo de suas percepções aguçadas sobre seu caráter. Essa designação ecoa ao longo do filme, destacando a complexidade do personagem de Ernest e a dinâmica de seu relacionamento com Mollie. A tragédia que se desenrola no desfecho da trama é intensificada pela compreensão de Mollie sobre o verdadeiro caráter de seu marido, ressaltando a importância de prestar atenção aos sinais desde o início de um relacionamento.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.