O Dilema dos Anúncios Prematuros: Star Wars, MCU e a Pressão da Disney

A Disney é uma gigante do entretenimento, detendo duas das maiores franquias da história do cinema: Star Wars e o Universo Cinematográfico da Marvel (MCU). No entanto, por trás dos anúncios empolgantes de novos projetos, há uma corrida para revelar histórias, que às vezes resultam em anúncios prematuros e desafios inesperados.

O Império Disney e a Expansão das Franquias

Desde que George Lucas vendeu a Lucasfilm para a Disney, mais de uma década se passou. A franquia Star Wars expandiu-se consideravelmente, com novas trilogias de filmes, spin-offs para o cinema e a televisão, além de novas sagas, como o Mandoverse. Indiana Jones e Willow também seguiram o caminho da expansão, embora com menos sucesso nos últimos anos.

Da mesma forma, a Marvel Studios aumentou significativamente sua produção sob o domínio da Disney, tornando-se a maior franquia do mundo. Além da saga cinematográfica em constante crescimento, o surgimento do Disney+ trouxe séries de TV, como WandaVision, She-Hulk: Attorney at Law e Loki.

A Pressão dos Anúncios Prematuros

Ser parte da maior empresa de entretenimento do mundo traz muita pressão para todos, incluindo a Lucasfilm e a expansiva Marvel Studios. Em um novo livro, “MCU: The Reign of Marvel Studios”, houve a revelação de que Kathleen Kennedy e Kevin Feige foram forçados a anunciar projetos de suas franquias.

E o pior: os projetos não estavam prontos para atender às demandas da Disney durante o Investor Day em 2020. Inclusive, muitos desses projetos foram posteriormente cancelados ou significativamente modificados e atrasados.

Os Desafios em Star Wars

Durante o Investor Day de 2020, Kathleen Kennedy anunciou uma série de projetos de Star Wars, como “Rangers of the New Republic”. Houve também o anúncio de “Ahsoka”, “Andor”, “Obi-Wan Kenobi”, “Star Wars: Visions”, “Lando”, “The Acolyte”, “Star Wars: A Droid Story” e “Rogue Squadron”. Enquanto a maioria desses projetos avançou, alguns ficaram pelo caminho.

“Ahsoka”, recentemente lançada no Disney+, e a série “Andor” foram bem-sucedidas, enquanto “Obi-Wan Kenobi” trouxe de volta Ewan McGregor e Hayden Christensen. Por outro lado, “Rangers of the New Republic” foi aparentemente cancelada.

O filme “Rogue Squadron” dirigido por Patty Jenkins, também foi cancelado, embora hajam muitos rumores sobre a trama. “Star Wars: A Droid Story” e “Lando” ainda estão em desenvolvimento, juntamente com outros filmes recém-anunciados.

Marvel Studios e o Enredo Entrelaçado

Ironicamente, os anúncios da Marvel Studios feitos no mesmo evento do Investor Day se concretizaram, em grande parte devido ao enredo entrelaçado do MCU. E isso, torna menos provável o cancelamento de projetos. Mesmo com a desaceleração de vários projetos da Marvel após o retorno de Bob Iger à Disney, a narrativa coesa do MCU permite uma maior continuidade.

A corrida para anunciar projetos empolgantes é uma faca de dois gumes. Embora os fãs fiquem emocionados com a expansão de universos como Star Wars e o MCU, a pressão para entregar projetos completos e bem executados é real.

Nem todos os anúncios se traduzem em produções bem-sucedidas, e a gestão cuidadosa é essencial para manter o equilíbrio entre a empolgação dos fãs e a qualidade das entregas. A Disney continuará expandindo suas franquias, e os desafios e sucessos ao longo do caminho fazem parte dessa jornada emocionante.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.