Péssima notícia para os fãs de The Mandalorian

A 4ª temporada de The Mandalorian deve sofrer impacto por conta da greve dos roteiristas. De acordo com o Deadline, a produção da série deve adiar o início das gravações com o elenco, até então previsto para acontecer em setembro de 2023.

“Embora haja algum espaço para respirar, ouvi dizer que as filmagens provavelmente serão adiadas. Um representante da Lucasfilm não fez comentários”, diz a reportagem de Nellie Andreeva.

Por ora, a greve dos roteiristas deve continuar até que todas as partes cheguem a um consenso sobre remuneração maior para o salário mínimo e sobre alguns direitos para os profissionais. De acordo com o WGA, a decisão de optar pela greve geral de roteiristas aconteceu após uma rodada de seis semanas em negociação com as principais empresas.

Abaixo, assista ao trailer oficial da temporada mais recente de The Mandalorian.

Imagens: Reprodução / Lucasfilm

Além da 4ª temporada de The Mandalorian: o impacto da greve

Desde que a greve dos roteiristas começou, nos primeiros dias de maio de 2023, outras produções além da 4ª temporada de The Mandalorian se manifestaram. Projetos de outros estúdios também já anunciaram que só devem retomar os trabalhos na medida em que o WGA finalizar as negociações com os principais estúdios de streaming do mercado.

Até agora, programas como Cobra Kai, Abbott Elementary e Yellowjackets já informaram que paralisaram a produção até a greve chegar ao fim. Além disso, os Irmãos Duffer confirmaram que irão atrasar o período de gravações da 5ª temporada de Stranger Things.

O mesmo aconteceu com a nova série derivada de Game of Thrones, The Hedge Knight. O autor George R. R. Martin fez uma postagem no seu blog para explicar a decisão ao público. De acordo com ele, ninguém gostaria que a situação chegasse a tal nível. Além disso, aproveitou a oportunidade para demonstrar apoio aos roteiristas pela greve.

Duas séries da Marvel também já anunciaram paralisações. A nova série do Demolidor, Daredevil: Born Again, e Wonder Man. Há a expectativa que mais produções do estúdio, até mesmo filmes, sofram o impacto da greve dos roteiristas. Por fim, a 6ª e última temporada de The Haindmaid’s Tale (O Conto da Aia) também está paralisada.

Entenda a greve

A perspectiva é de que a greve dos roteiristas seja mais leve em 2023. Se séries foram adiadas em 2007, a ideia é que os streamings possam cobrir a falta de conteúdo durante o período. Espera-se que ao menos a Netflix tenha programas o suficiente para lidar com o problema ao longo dos próximos meses.

“Não conseguimos chegar a um acordo com os estúdios e as emissoras”, disse o sindicato dos roteiristas em comunicado na Internet. De acordo com a WGA, as respostas às reivindicações foram “totalmente insuficientes, levando em conta a crise existencial à qual os roteiristas enfrentam”.

Contudo, o Screen Rant defende que todo o material sem roteiro pronto deve sofrer algum tipo de atraso nos próximos meses. Séries que recém estrearam novos episódios, como The Last of Us, podem sentir os efeitos da greve dos roteiristas.

Apesar disso, há poucas chances de que os consumidores sofram alguma consequência em curto prazo. As principais séries que estão com lançamento previsto nos próximos meses já estão com o roteiro pronto, faltando detalhes de pós-produção. Os principais atrasos devem acontecer com séries previstas para 2024 e além.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.